sexta-feira, 14 de maio de 2010

Fundação da Ordem e aprovação da Regra


Em 1208 Francisco ouve ler na Porciúncula, o Evangelho da festa de S. Matias e descobre, então, a sua vocação para a pobreza evangélica: modifica a sua veste, ficando apenas com uma túnica, cingida por uma corda. E começa a pregar.

"Demorou-se Francisco algum tempo na igreja da Virgem Mãe de Deus, suplicando-lhe em constantes e contínuas preces que se dignasse ser sua protectora; e pelos méritos da Mãe de misericórdia, em casa daquela que concebeu o Verbo cheio de graça e de verdade, concebeu ele e deu à luz o espírito da verdade evangélica. Vejamos como isso se passou. Assistia ele um dia com toda devoção à missa dos Apóstolos. O texto do evangelho era aquele em que Cristo envia os discípulos a pregar e lhes ensina a forma de vida evangélica: nada de ouro nem de prata, nem dinheiro nas algibeiras, nem saco de viagem, nem mudas de roupa, nem calçado, nem pau para se apoiarem ou defenderem. Ele ouviu e compreendeu, e nunca mais esqueceu. Amante como era da probreza apostólica, rejubilou de alegria e disse logo para consigo: «Cá está o que eu pretendo! É isto o que eu desejo de toda a minha alma!» E sem mais delongas descalça os sapatos, arruma o cajado, desfaz-se da carteira e do dinheiro, conserva apenas uma túnica, atira fora o cinto, substituindo-o por uma corda; empenha-se por completo em realizar o que acabara de ouvir e em conformar-se em tudo a esse código de perfeição dado aos Apóstolos." ( Legenda Maior-S. Boaventura 3,1)

Fr. Isidro João

2 comentários:

  1. Obrigado, Frei Isidro, por nos recordares os primórdios da nossa Família Franciscana: a sua fundação. É bom saber como começou esta Família que hoje é formada por nós,graças à vocação precioso que de Deus recebemos.Paz e perseverança.

    ResponderEliminar
  2. Gostaria de saber o que Frei Isidro João pensa sobre o texto que publicou, extraído da Legenda Maior de S. Boaventura. Fico esperando para ler. Parabéns por este espaço de partilha.

    Nota: Corrigir o título: em vez de «… aprovoção da Regra», deve escrever «…aprovação da Regra».

    ResponderEliminar