quarta-feira, 19 de maio de 2010

Oração, Louvor e Acção de Graças


"Que nada nos impeça, nada nos separe, nada se ponha de permeio. E que todos nós, por toda a parte, em todo o lugar, e a toda hora e sempre, creiamos com fé verdadeira e humilde, e guardemos no coração, e amemos, honremos, adoremos, sirvamos, louvemos e glorifiquemos e sobreexaltemos, magnifiquemos e demos graças ao altíssimo e soberano Deus eterno, trindade e unidade, Pai e Filho e Espírito Santo, criador de todas as coisas, salvador dos que crêem nele e nele esperam e o amam; ele que é sem príncipio nem fim, imutável, invícivel, inenarrável, inefável, incompreensível, impenetrável, bendito, louvável, golrioso, sublime, excelso, suável, amável, deleitável, e sempre sobre todas as coisas desejável pelos séculos. Amen."(1ªRegra,23,10-11)

Frei Isidro

1 comentário:

  1. Eu sei... você já está pensando que eu sou chatinho. Mas tem de ser! Escreva quem é o autor da 1ª. Regra, senão a gente vai pensar que é você. Ou será que foi mesmo você que escreveu e não quer dizer, por modéstia? :-) E tente partilhar sua reflexão pessoal sobre esse excerto. Obrigado por sua paciência. Viva em Paz e Bem!

    ResponderEliminar