quarta-feira, 21 de julho de 2010

Os servos de Deus devem honrar os sacerdotes



"Bem-aventurado o servo de Deus que confia nos clérigos que vivem rectamente, segundo a forma da santa Igreja Romana.


Mas ai daqueles que os desprezam: porque embora possam ser pecadores, ninguém se atreva a julgá-los, pois o mesmo Senhor reserva para si o seu julgamento.


Porque quanto sobreexcede a todos os demais, o ministério que eles têm do santíssimo Corpo e Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, que eles recebem e só eles aos outros administram, tanto o pecado cometido contra eles é mais grave do que os cometidos contra todos os demais homens deste mundo."


26ª Exortação de S. Francisco






Nesta exortação, S. Francisco exprime quão importantes são os sacerdotes, não pelas pessoas que são, mas pelo ministério que só eles podem exercer: o "santíssimo Corpo e Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, que eles recebem e só eles aos outros administram".


É uma exortação actual para os dias de hoje pois, embora os pecados que possam ter (e tão badalados nestes dias), o seu Ministério não depende deles, mas do próprio Senhor, que "reserva para si o seu julgamento".


O Ministério do Sacerdócio é, portanto, Ministério Divino, confiado ao homem frágil e limitado. Tenhamos presente, na nossa oração diária, os sacerdotes e cultivemos no nosso íntimo um amor especial por estes servos de Deus, que todos os dias são chamados a ser sinal de Salvação, e que se mantenham fiéis ao chamamento que responderam, perseverando nas dificuldades dos seus limites e dos desafios que encontram.
Frei Sérgio

1 comentário:

  1. Caro Frei Sérgio e Irmãos Noviços.
    Soube-me bem recordar a palavra do Pai São Francisco sobre o ministério sacerdotal e a sua grande dignidade.
    Dignididade e responsabilidade, pois o sacerdote não o é para si mesmo, mas para o serviço do Povo de Deus.
    Muito feliz por esta partilha,
    que hoje é de uma beleza especial para mim, pois completei hoje mesmo 47 anos de ordenação sacerdotal. Comigo foram ordenados Frei João Magalhães Gonçalves, que Deus chamou recentemente para Si , o Frei Arnaldo Luís Gonçalves Custódio, grande pastor das paróquias de Ponte de Rol e São Pedro da Cadeira, e Frei João Dias Vicente ainda hoje Missionário na Guiné Bissau.
    Tudo para louvor do Altíssimo,
    Omnipotente e Bom Senhor!
    Um abraço a todos vós!

    ResponderEliminar