domingo, 22 de agosto de 2010

A santa obediência

"A santa obediência confunde todos os desejos dos sentidos e da carne; e traz o corpo mortificado na sujeição ao espírito e na obediência ao seu irmão, e faz o homem submisso a todos os homens deste mundo; e não só aos homens, mas ainda a todas as bestas e feras, para que possam fazer dele o que quiserem, na medida em que lá do Alto o Senhor o permitir." Saudação às Virtudes 14-18Neste dia somos convidados a reflectir na obediência. Na obediência à Vontade de Deus, à Palavra do Senhor. Que espaço lhes damos dentro de nós?
Que valor lhes concedemos?
Que valor damos aos nossos Irmãos?
Vêmo-los como dons de Deus?
Estamos prontos para escutá-los como escutamos a Palavra? Deus também nos fala através deles e através de nós para eles!
Tomemos neste dia como exemplo, muito particularmente, Nossa Senhora, que hoje celebramos com o título de Rainha Maria e Mãe! Ela é realmente nossa Mãe, nosso exemplo maior de obediência à vontade e à Palavra de Deus, e também de serviço e de obediência aos Irmãos. Ela que totalmente se consagrou ao serviço da vontade de Deus, fazei de nós Santa Maria também sempre solícitos a acolher em nós o Senhor que vem ao nosso encontro; quer na oração, quer no nosso dia-a-dia através dos nossos Irmãos. Saibamos nós sermos dignos de sermos chamados teus filhos.
Bom dia a todos, irmãos!
Frei Filipe


2 comentários:

  1. Devo confessar que a «obdiência» (com ou sem aspas) entre muitas outras coisas, é a que mais me intriga... onde sinto que tenho de trabalhar mais...
    Gostei da tua reflexão!
    Obrigado!
    Carlos Morais

    ResponderEliminar
  2. Como sabes, Frei Filipe, hoje é verdadeiramente um dia de imensa alegria para o mundo, especialmente para nós, Família Franciscana. Ele é a Reinha que recebeu no seu coração, no seu seio e nas suas mãos, o Rei e Senhor. Nessas mesmas mãos ela segurou a sementinha da Família que Deus confiou a São Francisco e Santa Clara. Foi o lugar mais apropriado que o coração de Francisco encontrou para dar à Sua Família garantias de perpetuidade. Nas mãos da Mãe-Rainha nascemos, crescemos e permaneceremos.
    Para o Cotinente Africano hoje é dia da sua Padroeira, Nossa Senhora Rainha. Os Irmãos de Moçambique fazem grande Festa à Sua Padroeira neste dia da Rainha e Mãe de África. Que Ela continue a abençoar o Povo Bom da África e lhe dê sempre bons servidores para a sociedade e para a sua Igreja. Obrigado pela partilha.

    ResponderEliminar