terça-feira, 5 de março de 2013

Lembrando os Irmãos...

À memória de frei David de Azevedo, ofm
8/11/1922 - 27/02/2013

Nas mãos de Deus…
Era Outono,
Em tempos que já lá vão,
Nasce na nossa terra
Um irmão.

Chamado pelo seu nome,
O Senhor o conquistou.
Por isso, para entre os frades
Um dia entrar pensou.

Vida cheia seria,
Vê-lo já se conseguia:
Que um Olhar o enamorara,
ALGUÉM o fixara.

Hoje, quem dele fala
E com sua vida privou,
Conta-o como pessoa calma,
Homem sério, olhar profundo.

Nele se podia entrever
O amor de Jesus.
Francisco o puxara
Para ser do Senhor:

Sua fé e sua vida,
Seu intuir de IRMÃO…
Poder-se-iam ignorar?
Com certeza que não!

Em Francisco de Assis,
aprendeu também
Que é eterno aprendiz,
Não de letras, mas de BEM.

Frei David de Azevedo,
«Homem-cátedra» de franciscanismo
Em sua vida, simples,
[ao Senhor e ao irmão] dedicada,
Porque CRISTO o apaixonara!

frei Sérgio Pinheiro, ofm

2 comentários:

  1. Caro Frei Sérgio. Finalmente, abri o vosso Blog, mas só aparece a tua mensagem...
    Gostei muito desta tua homenagem, singela, a esse grande irmão que foi e sempre será nosso Frei David de Azevedo. Que lá da intimidade do seu Amado Jesus nos continue a ajudar na nossa caminhada. Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Que lindo! nossa amei mesmo, bela inspiração querido Frei Sergio, realmente o frei David de Azevedo foi destes que não passou pela vida somente, porque ele permanece eternamente em nossa memoria sobre tudo pelo seu grande testemunho de um ser todo franciscano, totalmente cristão ao jeito de Francisco, foi assim que ele viveu e nos inspirou a viver! Valeu mesmo frei Sergio Parabéns!
    Frei Leni, OFM

    ResponderEliminar