sábado, 19 de julho de 2014

Louvado sejas, ó meu Senhor pela nossa irmã glicínia que voltou a florescer e a embelezar o claustro do nosso convento.



Sem comentários:

Enviar um comentário